domingo, 12 de abril de 2009

Agonizando

Agonizando, do álbum Titanomaquia.


Até o osso, até o fim
Até o fundo, até o final
Até rasgar, até bater
Até furar, até fuder
Até coalhar, até dissolver
Até rachar, até amanhecer
Até estrebuchar, até intumescer
Até desmanchar, até enrrigecer
Até zunir, até apagar
Até dormir, até escurecer
Até faltar ar, até doer
Até esvaziar, até desfazer
Até passar, até acabar
Até mofar, até amortecer
Até calcinar, até corroer
Até vazar, até evanescer
Ficar de costas, ficar de lado
Deitar no chão, ficar acordado
Ficar de pé, ficar sentado
Tentar dormir, ficar acordado
Ficar acordado
Ficar acordado
Até o dia seguinte ao próximo dia
Até o próximo dia ao dia seguinte
Até o dia seguinte ao próximo dia
Até o próximo dia ao dia seguinte
Até morrer, até morrer
Até espumar, até ferver
Até morrer, até morrer
Até secar, até apodrecer
Agonizando, agonizando
Agonizando, agonizando
Agonizando
Agonizando

Um comentário:

Pedro Amaral disse...

Brimo, só tem eu comentando seu blog? Vc ñ divulgou??
Sobre o jogo, eu tinha certeza de que o Fla entraria mais motivado, em função dos comentários infelizes do Horcades, Presidente do Flu. Realmente o time tocava bem, embora às vezes pecando por excesso de preciosismo (tem hora q o Léo Moura, vulgo "Pelé", chega a me irritar), e o Flu nervoso, recuado, tomando amarelo.
Valeu a vitória, temos que celebrar.. mas ñ podem persistir os erros primários nas finalizações, e a insegurança nas bolas altas (o Diego é meio fraquinho). Com o Bota o buraco será mais embaixo...